Essa não foi a primeira vez – esperamos que seja a última – que a jovem Bruna Atanazio foi ridicularizada por vender picolés deliciosos. Mas, nada que abalasse a ponto de desistir do seu trabalho.

Ela vende picolé há um ano, em Lajes, no interior de São Paulo. Na semana passada, Bruna foi zombada por duas jovens que passaram por ela de moto. A jovem respondeu o deboche com um post no seu Facebook, no dia 28 de outubro. A publicação já tem mais de 227 mil curtidas, quase 32 mil compartilhamentos e milhares de comentários.

Envergonhada pelo deboche, Bruna pensou em voltar para casa “nos primeiros cinco minutos”. “Seja vcs quem for gostaria de dizer que no fim do dia eu tinha meus $74 reais muito suado e honesto, sem precisar fazer qualquer tipo de coisa errada”, escreveu a vendedora de picolé.

Bruna disse que decidiu postar a foto dela ao lado do seu carrinho de picolé porque sente muito “orgulho de ser uma trabalhadora” e que não liga para a opiniões que diminuem seu trabalho. Rapidamente, o post recebeu uma enxurrada de comentários de pessoas valorizando o seu ganha-pão.

“mais de 201 mil curtidas, milhares de compartilhamentos sem precisar apelar, com fotos no espelho e outras coisas mais! Uma foto honesta, mostrando o caráter seu! Dignidade! A verdadeira honra da mulher! Você representante todas as mulheres honestas do nosso país”, escreveu um seguidor. “Parabéns para você não importa o que os outros vão falar ou pensar. Siga em frente, pois só você conhece as tuas necessidades. Que Deus te abençoe e abre portas de emprego para você muitas e muitas vendas guerreira”, comentou outro internauta.

Bruna, pisa menos!!! Tu é guerreira, mulher!!!

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por JEFERSON VIEIRA
Carregar mais por Boas Ações

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Comércio de São Carlos aprova calendário de datas especiais para 2018

Convenção coletiva entre o Sincomercio e Sincomerciários aprovou o calendário de datas esp…