Começou a campanha Papai Noel 2017 dos Correios. Você já pode retirar a sua e ajudar uma criança que sonha em ganhar um presente. A ação, que está completando 28 anos, realizou os sonhos de 2,5 milhões de crianças nos últimos 3 anos. A maioria delas pede bonecas, bolas de futebol, carrinhos, material escolar e bicicletas.

A campanha 2017, lançada nesta sexta-feira, 10, em São Paulo, contempla também cartas de estudantes de escolas da rede pública até o 5º ano do ensino fundamental, além de instituições parceiras, como creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos.

História

A campanha começou por iniciativa dos próprios empregados e se consolidou, ao longo dos últimos 28 anos, como uma das maiores campanhas natalinas e uma das principais ações de responsabilidade social dos Correios.

“Convido todos a participarem. Venham, retirem uma cartinha, é um movimento de solidariedade para levar um pouco de alegria, esperança e um brilho na noite de Natal”., disse o presidente dos Correios Guilherme Campos.

Ele também convidou a sociedade para colaborar na ação.

Somente nos últimos três anos, foram recebidas mais de 2,5 milhões de cartas destinadas ao Papai Noel dos Correios.

Como adotar uma cartinha

A adoção na campanha é feita da mesma maneira em todo o Brasil. As cartas enviadas pelas crianças são lidas e selecionadas. Em seguida, são disponibilizadas na casa do Papai Noel ou em outras unidades da empresa.

As cartas do Papai Noel dos Correios ficam disponíveis nos postos indicados pela empresa. Veja o mais próximo da sua casa aqui.

Lembre-se: os Correios não entregam cartas para adoção em suas residências.

Para ser um padrinho ou madrinha, basta ir a uma agência dos Correios, escolher uma carta e depois entregar o presente na mesma unidade, que fará a entrega.

Não é permitida a entrega direta do presente. Para assegurar esse critério, o endereço da criança não é informado ao padrinho.

Adoção de cartas on-line

Este ano, o Papai Noel dos Correios contará com uma novidade: a adoção de cartinhas on-line em algumas localidades.

Moradores das cidades de Belém, Cuiabá, Porto Alegre, Recife e São Paulo (região metropolitana) poderão adotar uma cartinha on-line no período de 13 a 24/11/2017 .

Brasília

A campanha em Brasília vai disponibilizar 25 mil cartinhas redigidas por alunos matriculados até o 5º ano e por crianças assistidas por creches e instituições sociais.

Os padrinhos e madrinhas têm até o dia 30/11 para escolhê-las.

O trabalho é feito em parceria com as secretarias de Educação e de Justiça e Cidadania.

Todas as informações sobre o Papai Noel dos Correios 2017 poderão ser obtidas no hotsite da empresa.

Serviço:

Campanha Papai Noel 2017 dos Correios

Período para adoção de cartas: até 30/11/17

Prazo final para entrega dos presentes: 2/12/2017

  • Julio Cesar quer Correios no Varjão e no Condomínio Leila

    O presidente da Câmara Municipal de São Carlos, vereador Julio Cesar (Democratas) protocol…
Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por JEFERSON VIEIRA
Carregar mais por Boas Ações

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

NAS ONDAS DO RÁDIO: ‘Acontece São Carlos’ estreia nesta segunda-feira

Estreia segunda-feira (11), a partir das 17h45, na rádio São Carlos AM 1450, o jornal Acon…