11/06/2024 às 20h20min - Atualizada em 11/06/2024 às 20h20min

Testes gratuitos de Infecções Sexualmente Transmissíveis podem ser realizados nesta quarta (12) em São Carlos

HIV, sífilis e hepatites B e C podem ser detectadas na testagem rápida aberta à população

Assessoria de Imprensa / PMSC
Portal PMSC
Divulgação / PMSC
O Centro de Atendimento de Infecções Crônicas (CAIC), da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) da Prefeitura de São Carlos (SP), realiza até esta quarta-feira (12/06), das 7 às 12 e das 13 às 15h30, na Rua José de Alencar nº 36, esquina com a Avenida São Carlos, no Tijuco Preto, testes rápidos gratuitos de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST’s) - HIV, sífilis e hepatites B e C, pela campanha “Testar também é um ato de amor”, alusiva ao Dia dos Namorados.
 
A ação tem por objetivo ressaltar a importância da testagem de IST’s como uma expressão de cuidado mútuo dentro dos relacionamentos e enfatiza que a testagem regular de IST’s desempenha um papel fundamental na promoção de saúde sexual e no bem estar emocional.
 
Identificar e tratar as IST’s precocemente não apenas protege a saúde individual, com ajuda a prevenir a disseminação dessas infecções para parceiros(as) sexuais.
 
É importante ainda que aconteça a prevenção combinada que é o uso de métodos de barreira como preservativos, juntamente com estratégias de redução de riscos, como a PREP (Profilaxia Pré-Exposição) para o HIV. A abordagem da prevenção combinada oferece uma camada extra de proteção, garantindo relacionamentos saudáveis e seguros.
 
Guilherme Dias Angelício, supervisor do Centro de Atendimento à Infecções Crônicas, explica que a ação é importante para trazer as testagens uma triagem para as IST’s (hepatites B e C, sífilis e HIV), como uma forma de cuidado.
 
“É a partir do diagnóstico que o paciente será acompanhado e tratado. Na temática do Dia dos Namorados é importante falarmos também sobre os relacionamentos sorodiscordantes e sua possibilidade. A partir do momento que um paciente vive com HIV e passa a ser acompanhado, tende a ficar indetectável com a medicação disponível atualmente. Indetectável é o mesmo que intransmissível, ou seja, o paciente não transmite mais e os relacionamentos que esse paciente tiver passam a ser seguros, além de outras tecnologias existentes”, enfatiza Angelício.
 
Mais informações podem ser obtidas pelos telefones do CAIC: (16) 3419-8240 / 3419- 8250.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://mundobom.com.br/.